A difícil arte dos concursos - Parte I



Já se passaram mais de uma semana e, nossa, o E-Ventre ainda está borbulhando com comentários e sugestões para o E-Ventre 2013!

Pois é! Já estamos trabalhando duro para que cada E-Ventre, seja melhor que o outro!

E voces sabem, o E-Ventre é um evento democrático, transparente e participativo afinal, ele é feito para voces!

E vamos falar sobre os concursos !
Em todas as edições, sempre há um burburinho e agitação sobre a participação e avaliações do concursos e, este ano não foi diferente e, volto a dizer que, isso só acontece porque o E-Ventre é democrático e participativo! A gente só critica quando a coisa é boa pois quando a coisa é ruim, a gente deixa pra lá!

A verdade é, o E-Ventre tomou proporções tão grandes que, ganhar um titulo significa bastante para uma bailarina. Ser avaliada por profissionais competentes e renomadas no nosso meio, resultado dos concursos sem interferência da organização, transparência, regras claras e respeito por quem sobe ao palco, é nossa bandeira! E é por isso que as pessoas se importam e comentam do E-Ventre. Ter este titulo, tem um grande valor, portanto nos sentimos lisonjeados quando a discussão saudável acontece!

E o alto nivel do juri? Posso afirmar que, este ano, a banca de jurados foi a melhor , com gente de todos os estilos! Hayat el Hewla, Munira, Joelma Brasil, Suheil, Giuliana Scorza, Nira Luchessi, Malak, Danna Gama e Carol Koga + a vencedora do E-Ventre 2011 Bia Fernandes. Para nós, incontestáveis !!

E a novidade também foi o lançamento do “Guia das Juradas” onde descrevemos item por item, pontos de avaliações, diretrizes e filosofia do E-Ventre quanto as questões do concursos. Em breve estará disponível para todas

Para se ter uma idéia extrai um trecho do que é ser jurada

“...A avaliação pelas juradas, é a tentativa de dar esta consistência técnica e artística a uma dança fazendo com que as juradas transforme tudo isso em “média matemática” do espetáculo, levando em consideração sua objetividade e critérios técnicos previamente definidos que “medem” o EQUILÍBRIO de cada bailarina....”

E qual a maior dica que podemos dar para quem está pesando em participar dos concurso do E-Ventre?
A primeira coisa é, vá para ser avaliada e não para ganhar!
A melhor experiência de concursos é, ser avaliada por profissionais competentes! No E-Ventre de 2012 incentivamos e muito, a escrita de algum comentário sobre a dança da avaliada e, creio eu que foi exatamente por causa disto que, as bailarinas participantes “estranharam” tantos comentários. Comentários que, muitas vezes, a bailarina não quer ouvir como por exemplo “você perdeu o tempo no chassé” ! Pontuados especificamente para a bailarina entender, porém muitas delas não estavam tão acostumadas a criticas diretas.

Volto a escrever que, as juradas seguiram recomendações do “Guia da Jurada” de apontar os erros e qualidades.. citando um trecho

“....É recomendado o uso de palavras diretas, únicas e sucintas, tais como:

• Sincronizado
• Com técnica apurada
• Figurino compatível
• Criativas no desenho coreográfico
• Seguir “humor” da musica
• Não reconheceu o saiid

“Guia das Juradas 2012”



E para você que não acredita que em 5 minutos de dança + 5 minutos de escritas, não dá para comentar algo? FICAMOS IMPRESSIONADAS COM A QUANTIDADE DE SUGESTÕES QUE AS JURADAS ESCREVERAM!! Elas foram muito rápidas e sucintas ao escreverem e, é uma aula documentada em papel! Eu particularmente li todas as fichas de todos os concursos e, fiquei maravilhada com o material riquíssimo de estudo

Então é isso!
Aguardem a segunda parte da “A difícil arte dos concursos - Parte II!”

2 comentários:

cristina antoniadis disse...

sniffff, vc esqueceu de mim!!! buáaaa
bjss

E-Ventre disse...

Oi Cris corrigido ok? bjks mil

 
blog Oficial do E-Ventre © 2012 | Designed by Rumah Dijual, in collaboration with Buy Dofollow Links! =) , Lastminutes and Ambien Side Effects